sábado, 18 de abril de 2015

LIBERDADE - CELEBRANDO O 25 ABRIL


O Espaço Partícula apresenta em celebração do 25 de Abril de 2015, uma dança pela bailarina Ana Figueiredo, da Companhia de Dança Contemporânea Flic-Flac, e as exposições “Zeca Afonso” e “Tributos” de Fernando Martins. Associando-se a este evento, o Projecto Videolab apresenta a video performance “Red Untitled” de Francesca Fini (Itália) e a video instalação “Anal-isis Callejero“ de Pablo Molina Guerrero (Chile).






 DANÇA CONTEMPORÂNEA C/ ANA FIGUEIREDO

Ana Figueiredo nasceu em Coimbra, Portugal, onde estudou até aos 17 anos. Iniciou os estudos de ballet aos 5 anos de idade, na Academia de Bailado de Coimbra seguindo o método da Royal Academy of Dance até ao nível “Intermediate”. Ainda na infância Ana estudou piano e violino juntando-se ao coro D. Pedro de Cristo aos 14 anos onde permanece até hoje. Aos 18 anos foi admitida na Escola Superior de Dança de Lisboa onde se licenciou em “Criação e Interpretação de Dança”. Ainda em Lisboa participou como bailarina em algumas apresentações com a empresa de produção Actin. Trabalhou com bandas portuguesas, entre elas a banda Anaquim, para as quais apresentou pequenas coreografias da sua autoria. Aos 23 anos regressou a Coimbra onde é, actualmente, professora de dança Clássica e Contemporânea. Em 2012 apresentou ao público o seu primeiro trabalho, que produziu inteiramente, intitulado “Isabel”, um tributo a Coimbra e à sua Padroeira. Em 2013 criou o seu próprio estúdio (…) e companhia de dança com o mesmo nome: Flic-flac. Desde então tem apresentado vário trabalhos, salientando-se “ Sons de lá por cá,” em parceria com Sitio de Sons,  e “ Isabel, Rainha” em parceria com o Coro D. Pedro de Cristo, assim como outros trabalhos a solo.



RED UNTITLE, Francesca Fini

“Red Untitled” foi uma performance realizada em 2013 para o Festival Line Up Action no Espaço Artes, Multimédia e Performance da Alliance Française, em Coimbra.
Em Portugal celebra-se no 25 de Abril, a Revolução dos Cravos, sendo o cravo uma flor cujo simbolismo associado ao Socialismo se espalhou pelo mundo.
No 25 de Abril celebra-se, em Itália, a libertação do fascismo durante a Segunda Guerra Mundial.
Também é de referir a famosa canção “Le chant des partisans” a que o cravo é, igualmente, associado como símbolo da Liberdade.
Francesca Fini desenvolve o seu trabalho do campo das artes visuais, vídeo e performance. O principal objecto de sua pesquisa, é o organismo que age no espaço e no tempo. O agir do corpo, contanto uma história, é uma permanência no seu trabalho, cujo modelo é, geralmente, o seu. Pode afirmar-se que o seu trabalho, ao vivo ou em vídeo, se apresenta como uma espécie de jornada infinita do seu “eu” virtual, explorando novos ambientes e configurações em diferentes desafios. Nas suas performances usa linguagens tradicionais, como o teatro mudo, body-art e dança butoh, profundamente misturados e contaminados por uma tecnologia low-fi.
http://www.francescafini.com


ANÁL-ISIS CALLEJERO
Vídeo Instalação de Pablo Molina Guerrero

Dois lugares diferentes: Valparaíso y Aysén, distanciados por apenas um ano. O valor da revolta. Desconstruir o filmar da violência, seja policial ou cidadã. Textos e imagens recicladas. Eu contra o outro.

Direcção e Montagem: Pablo Molina Guerrero.
Assistente de Direcção: Mario González Contreras.
Direcção de Fotografia: Pablo Molina Guerrero, Guarisapo.

Resistência Film Fest, Tomé. Chile 2013 // FCAB, Barcelona. Espanha 2013 // UDLAFESTOC. Chile 2013 // FESANCOR, Santiago. Chile 2013 // BAM, Finalista Prémio/Concurso Juan Downey, Santiago. Chile 2013 // ARQFILMFEST, Santiago. Chile 2013 // FECICAL, Calera. Chile 2013 // Festival Cine B, Foco La Experiencia, Santiago. Chile 2013 // The Wrong: New Digital Art Biennale, Foco Homeostasis Lab. 2013 // Festival Transterritorial de Cine Underground, Buenos Aires. Argentina 2013 // Festival de Creación Visual, VFFF. Pujilí, Guano, Puyo, Ambato, Baños. Ecuador 2014 // Bideodromo, Festival Internacional de Cine y Video Experimental, Bilbao & Vitoria-Gasteiz. España 2014 // Muestra Internacional de Cine de Trelew. Argentina 2014 // Jornadas de Reapropiación, Ciudad de México. México 2014 // Video Raymi: Muestra Internacional de Videoarte, Cuzco. Perú 2014 // WUFF, Wellington. Nueva Zelandia 2015.

Sem comentários:

Publicar um comentário